Rute 1:20 - Meu nome é Mara

וַתֹּ֣אמֶר אֲלֵיהֶ֔ן אַל־תִּקְרֶ֥אנָה לִ֖י נָעֳמִ֑י קְרֶ֤אןָ לִי֙ מָרָ֔א כִּי־הֵמַ֥ר שַׁדַּ֛י לִ֖י מְאֹֽד׃

wattelaḵnâ štehem ʿaḏ-bōʾānâ beṯ lāḥem wayhi kḇōʾānâ beṯ leḥem wattehōm kol-hāʿir ʿălehen wattōʾmarnâ hăzōʾṯ noʿŏmi:


Vocabulário do texto

Vocábulo Transliteração Classe Frequência no AT Significado
אָמַר ʾāmar verbo 5.316 × Qal: falar, dizer
קָרָא qārāʾ verbo 739 × Qal: chamar
מַר mar adjetivo 4 × amargo
מָרַר mārar verbo 14× Hiphil: tornar amargo
שַׁדַּי šadday nome próprio 48 × Todo-Poderoso
מְאֹד mᵉʾoḏ advérbio 300 × muito

Um pouco de gramática

① O verbo principal da oração וַתֹּ֣אמֶר אֲלֵיהֶ֔ן é וַתֹּאמֶר (wayyiqtol).

② O verbo principal וַתֹּאמֶר tem como objeto indireto a frase preposicional אֲלֵיהֶן: “Ela disse a elas…”

③ O verbo principal da oração אַל־תִּקְרֶ֥אנָה לִ֖י נָעֳמִ֑י é תִּקְרֶאנָה (yiqtol).

④ O advérbio de negação qualifica a ação expressa pelo verbo principal תִּקְרֶאנָה: “não chamem…”

⑤ A combinação da preposição לְ + sufixo 1ª c.s. tem função de complemento oblíquo do verbo principal תִּקְרֶאנָה: “não me chamem…”

⑥ A nomeação pelo substantivo próprio נָעֳמִי é resultado do ato expresso pelo verbo principal תִּקְרֶאנָה: “não me chamem de Noemi…”

⑦ O verbo principal da oração קְרֶ֤אןָ לִי֙ מָרָ֔א é קְרֶאןָ (imperativo). 

⑧ A combinação da preposição לְ + sufixo 1ª c.s. tem função de complemento oblíquo do verbo principal קְרֶאןָ: “me chamem…”

⑨ nomeação pelo substantivo próprio מָרָא é resultado do ato expresso pelo verbo principal קְרֶאןָ: “não me chamem de Mara…”

Note que o nome próprio מָרָא parece ter se originado do adjetivo מַר (amargo). A forma usual feminina de מַר seria מָרָה, como alguns manuscritos atestam. Entretanto, a terminação com aleph também é possível (מָרָא).

⑩ A conjunção כִּי introduz a oração subordinada explicativa כִּי־הֵמַ֥ר שַׁדַּ֛י לִ֖י מְאֹֽד.

⑪ O verbo principal da oração subordinada explicativa כִּי־הֵמַ֥ר שַׁדַּ֛י לִ֖י מְאֹֽד é הֵמַר (hiphil qatal).

⑫ O sujeito da oração oração subordinada explicativa כִּי־הֵמַ֥ר שַׁדַּ֛י לִ֖י מְאֹֽד é o nome próprio divino שַׁדַּי.

⑬ A combinação da preposição לְ + sufixo 1ª c.s. tem função de complemento oblíquo do verbo principal הֵמַר: lit. “Pois o Todo-Poderoso me tornou amarga.”

⑭ O advérbio de intensidade מְאֹד caracteriza a ação expressa pelo verbo principal הֵמַר: lit. “Pois o Todo-Poderoso me fez tornou muito amarga”, ou “porque grande amargura me tem dado o Todo-Poderoso” (ARA).

A pontuação sôp pāsûq (׃) marca o fim do versículo.

Tradução

Ela lhes disse:
— Não me chamem de Noemi. Chamem-me de Mara, pois o Todo-Poderoso tem tornado a minha vida muito amarga.

Slideshow

Baixe o arquivo do slideshow em formato pdf aqui.

*Esse material tem autor. Ao compartilhá-lo, não se esqueça de citar a fonte.