A criação 16 - Grandes luzeiros (Gn 1:16)

וַיַּ֣עַשׂ אֱלֹהִ֔ים אֶת־שְׁנֵ֥י הַמְּאֹרֹ֖ת הַגְּדֹלִ֑ים אֶת־הַמָּא֤וֹר הַגָּדֹל֙ לְמֶמְשֶׁ֣לֶת הַיּ֔וֹם וְאֶת־הַמָּא֤וֹר הַקָּטֹן֙ לְמֶמְשֶׁ֣לֶת הַלַּ֔יְלָה וְאֵ֖ת הַכּוֹכָבִֽים׃

wayyaʿaś ʾlōhim ʾeṯ-šne hammʾōrōṯ haggḏōlim ʾeṯ-hammāʾôr haggāḏōl lmemšeleṯ hayyôm wʾeṯ-hammāʾôr haqqāṭōn lmemšeleṯ hallaylâ wʾeṯ hakkôḵāḇim:


Vocabulário

Vocábulo Transliteração Classe Frequência no AT Significado
עָשָׂה ʿāśāh verbo 2.632 × Qal: fazer
אֱלֹהִים ʾelohiym substantivo ♂ 2,602 × Deus (de Israel), deuses
שְׁנַיִם šᵉnayim adj. cardinal 769 × dois
מָאוֹר māʾor substantivo ♂ 19 × luzeiro
גָּדוֹל gāḏol adjetivo 527 × grande
מֶמְשָׁלָה memšālāh substantivo ♀ 17 × domínio, governo
יוֹם yom substantivo ♂ 2.301 × dia
קָטֹן qāṭon adjetivo 74 × menor
לַיְלָה laylāh substantivo ♂ 234 × noite
כּוֹכָב koḵāḇ substantivo ♂ 37 × estrela

Um pouco de gramática

① O verbo principal da oração וַיַּ֣עַשׂ אֱלֹהִ֔ים é וַיַּעַשׂ (wayyiqtol).

② O sujeito da oração וַיֹּ֣אמֶר אֱלֹהִ֗ים é o substantivo אֱלֹהִים (introduz discurso direto).

Note que à semelhança de Gn 1:1, אֱלֹהִים é, pelo contexto, um substantivo definido por se referir ao Deus de Israel Yahweh (plural majestático).

Observe que a Septuaginta traduz אֱלֹהִים como um substantivo definido: ὁ θεός.

③ O verbo principal וַיַּעַשׂ tem como primeiro objeto direto a frase אֶת־שְׁנֵ֥י הַמְּאֹרֹ֖ת הַגְּדֹלִ֑ים.

Note que o sinal acusativo sempre introduz objeto direto.

Observe que o adjetivo cardinal שְׁנֵי tem função atributiva sobre o substantivo definido הַמְּאֹרֹ. Também, O adjetivo definido הַגְּדֹלִים é um adjetivo atributivo sobre a frase שְׁנֵי הַמְּאֹרֹת: “E Deus fez dois grandes luzeiros…”

④ A sentença אֶת־הַמָּא֤וֹר הַגָּדֹל֙ לְמֶמְשֶׁ֣לֶת הַיּ֔וֹם וְאֶת־הַמָּא֤וֹר הַקָּטֹן֙ לְמֶמְשֶׁ֣לֶת הַלַּ֔יְלָה tem função apositiva (epexegética) em relação ao objeto direto אֶת־שְׁנֵ֥י הַמְּאֹרֹ֖ת הַגְּדֹלִ֑ים. Em outras palavras, essa sentença explica e expande o sentido da frase שְׁנֵ֥י הַמְּאֹרֹ֖ת הַגְּדֹלִ֑ים respondendo à pergunta: “quais luzeiros são estes?”

⑤ O sinal acusativo אֶת c0mo ligação com o objeto direto 1.

O primeiro luzeiro é הַמָּא֤וֹר הַגָּדֹל֙ (o luzeiro maior).

Note que o adjetivo definido הַגָּדֹל não somente está em posição atributiva em relação ao substantivo definido הַמָּאוֹר mas como também deve ser entendido como tendo um valor superlativo (ver a utilização do adjetivo קָטֹן em ⑦)

⑥ A função do “luzeiro maior” é expresso pela combinação da preposição לְ + construto-absoluto מֶמְשֶׁ֣לֶת הַיּ֔וֹם: lit. “para governo do dia”, ou seja, “para governar o dia…”

⑦ A conjunção וְ tem função de copula (aditivo) entre a a explicação do “luzeiro maior” do “luzeiro menor”. O sinal acusativo אֶת c0mo ligação com o objeto direto 1.

O segundo luzeiro é הַמָּא֤וֹר הַקָּטֹן֙ (o luzeiro menor).

Note que o adjetivo definido הַקָּטֹן está em posição atributiva em relação ao substantivo definido הַמָּאוֹר.

⑧ A função do “luzeiro menor” é expresso pela combinação da preposição לְ + construto-absoluto מֶמְשֶׁ֣לֶת הַלַּ֔יְלָה: lit. “para governo da noite”, ou seja, “para governar a noite…”

⑨ A conjunção וְ tem função de copula entre o primeiro objeto direto e o segundo.

O verbo principal וַיַּעַשׂ tem como segundo objeto direto a frase וְאֵ֖ת הַכּוֹכָבִֽים: “E Deus fez os dois grandes luzeiros e as estrelas.” 

Tradução

E Deus fez dois grandes luzeiros — o maior para governar o dia e o menor para governar a noite — e as estrelas.


Slideshow

Baixe o arquivo do slideshow em formato pdf aqui.

*Esse material tem autor. Ao compartilhá-lo, não se esqueça de citar a fonte.