A criação 5 - Primeiro dia (Gn 1:5)

וַיִּקְרָ֨א אֱלֹהִ֤ים ׀ לָאוֹר֙ י֔וֹם וְלַחֹ֖שֶׁךְ קָ֣רָא לָ֑יְלָה וַֽיְהִי־עֶ֥רֶב וַֽיְהִי־בֹ֖קֶר י֥וֹם אֶחָֽד׃ פ

 wayyiqrāʾ ʾlōhı̂m lāʾôr yôm wlaḥōšeḵ qārāʾ lāylāh wayhı̂-ʿereḇ wayhı̂-ḇōqer yôm ʾeḥāḏ: p̱


Vocabulário

Vocábulo Transliteração Classe Frequência no AT Significado
קָרָא qārāʾ verbo 739 × Qal: chamar, nomear
אֱלֹהִים ʾelohiym substantivo ♂ 2,602 × Deus (de Israel), deuses
אוֹר ʾor substantivo ♂ 45 × luz
יוֹם yom substantivo ♂ 2.301 × dia
חֹשֶׁךְ ḥošeḵ substantivo ♂ 80 × trevas
לַיְלָה laylāh substantivo ♂ 234 × noite
הָיָה hāyāh verbo 3.562 × Qal: ser, acontecer
עֶרֶב ʿereḇ substantivo ♂ 134 × tarde
בֹּקֶר boqer substantivo ♂ 213 × manhã
אֶחָד ʾeḥāḏ adj. cardinal 976 × um

Um pouco de gramática

① O verbo principal da oração וַיִּקְרָ֨א אֱלֹהִ֤ים ׀ לָאוֹר֙ י֔וֹם é וַיִּקְרָא (wayyiqtol).

② O sujeito da oração וַיִּקְרָ֨א אֱלֹהִ֤ים ׀ לָאוֹר֙ י֔וֹם é o substantivo אֱלֹהִים.

Note que à semelhança de Gn 1:1, אֱלֹהִים é, pelo contexto, um substantivo definido por se referir ao Deus de Israel Yahweh (plural majestático).

Observe que a Septuaginta traduz אֱלֹהִים como um substantivo definido: ὁ θεός.

③ O verbo principal וַיִּקְרָא tem como objeto direto a frase preposicional לָאוֹר.

Note que associado ao verbo קָרָא a combinação da preposição לְ + substantivo definido, nesse contexto, expressa complemento ao verbo transitivo, i.e., objeto direto.¹

④ Os substantivos יוֹם e לַיְלָה são os resultados da ação de nomeação expresso pelo verbo principal וַיִּקְרָא: “E Deus chamou a luz de ‘dia’”.

⑤ O verbo principal da oração וְלַחֹ֖שֶׁךְ קָ֣רָא לָ֑יְלָה é קָרָא (qatal).

⑥ A conjunção וְ exerce função de copula (aditivo, waw copulativum).

Note que, à semelhança de ③, o verbo principal קָרָא tem como objeto direto a frase לַחֹשֶׁךְ.

Observe a frase preposicional וְלַחֹ֖שֶׁךְ precede o verbo principal para expressar contraste: “E Deus chamou a luz de ‘dia' e as trevas de ‘noite’”.²

Wenham destaca a estrutura quiástica nesse versículo: chamou-dia // trevas-chamou.

⑦ O verbo principal da oração וַֽיְהִי־עֶ֥רֶב é וַיְהִי (wayyiqtol).

⑧ O sujeito da oração וַיְהִי־עֶרֶב é עֶרֶב: “A tarde passou…”

⑨ O verbo principal da oração וַיְהִי־בֹקֶר é וַיְהִי (wayyiqtol).

⑩ O sujeito da oração וַיְהִי־בֹקֶר é בֹקֶר: “e veio a manhã…” (NVT)

Note que, provavelmente, a dupla oração וַֽיְהִי־עֶ֥רֶב וַֽיְהִי־בֹ֖קֶ expressa a concepção judaica que o dia começa ao entardecer e não no amanhecer.

⑪ A frase יוֹם אֶחָד exerce função apositiva (epexegético) em relação à dupla oração וַֽיְהִי־עֶ֥רֶב וַֽיְהִי־בֹ֖קֶ: “A tarde passou e veio a manhã: dia primeiro [um].”

Note que o numeral אֶחָד, dependendo do contexto, pode ser classificado como numeral ordinal: “primeiro”.³

Observe que devido à dupla oração וַֽיְהִי־עֶ֥רֶב וַֽיְהִי־בֹ֖קֶ o substantivo יוֹם, dentro desse texto, parece indicar um período de 24 horas.

O sinal massorético פ (petucha) marca o final do parágrafo (pausa maior).

A pontuação sôp pāsûq (׃) marca o fim do versículo.

Tradução

E Deus chamou a luz de ‘dia’ e as trevas de ‘noite’. A tarde passou e veio a manhã: primeiro dia.

Notas

¹ J.C. Beckman, William’s Hebrew Syntax, 3rd. ed. (Toronto: University of Toronto, 2012), §273b. De acordo com G.J. Wenham, Genesis 1–15, WBC 1; Accordance electronic ed. (Grand Rapids: Zondervan, 1987), 3, trata-se de objeto indireto.

² G.J. Wenham, Genesis 1–15, WBC 1; Accordance electronic ed. (Grand Rapids: Zondervan, 1987), 3

³ Ver HALOT, s.v. “אֶחָד”. 


Slideshow

Baixe o arquivo do slideshow em formato pdf aqui.

*Esse material tem autor. Ao compartilhá-lo, não se esqueça de citar a fonte.