Jonas 3:7 - O decreto

וַיַּזְעֵ֗ק וַיֹּ֙אמֶר֙ בְּנִֽינְוֵ֔ה מִטַּ֧עַם הַמֶּ֛לֶךְ וּגְדֹלָ֖יו לֵאמֹ֑ר הָאָדָ֨ם וְהַבְּהֵמָ֜ה הַבָּקָ֣ר וְהַצֹּ֗אן אַֽל־יִטְעֲמוּ֙ מְא֔וּמָה אַ֨ל־יִרְע֔וּ וּמַ֖יִם אַל־יִשְׁתּֽוּ׃

wayyazʿēq wayyōʾmer bnı̂nwêh miṭṭaʿam hammeleḵ ûg̱ḏōlāyw lēʾmōr hāʾāḏām whabbhēmāh habbāqār whaṣṣōʾn ʾal-yiṭʿămû mʾûmāh ʾal-yirʿû ûmayim ʾal-yištû:


Vocabulário

Vocábulo Transliteração Classe Frequência no AT Significado
זָעַק zāʿaq verbo 73 × Hiphil: emitir um decreto
אָמַר ʾāmar verbo 5.316 × Qal: falar, dizer
טַעַם ṭaʿam substantivo ♂ 13 × decreto
מֶלֶךְ meleḵ substantivo ♂ 2.530 × rei
גָּדוֹל gāḏol adjetivo 527 × grande, poderoso, oficial
אָדָם ʾāḏām substantivo ♂ 546 × homem
בְּהֵמָה bᵉhēmāh substantivo ♀ 190 × animal, besta
בָּקָר bāqār substantivo ♂ 183 × boi
צֹאן ṣoʾn substantivo ♂ 274 × ovelha
טָעַם ṭāʿam verbo 11 × *Qal: provar
מְאוּמָה mᵉʾumāh pron. idefinido 32 × nada
רָעָה rāʿāh verbo 167 × Qal: pastorear, alimentar o rebanho
מַיִם mayim substantivo ♂ 585 × água
שָׁתָה šāṯāh verbo 217 × Qal: beber

Um pouco de gramática

① O verbo principal וַיַּזְעֵ֗ק (wayyiqtol) expressa continuação do fluxo narrativo anterior: “Ele [i.e., o rei] proclamou um decreto…”

② O verbo principal da oração וַיֹּ֙אמֶר֙ בְּנִֽינְוֵ֔ה é וַיֹּאמֶר (wayyiqtol).

③ A combinação da preposição בְּ (beth locale) + nome próprio נִינְוֵה expressa sentido locativo: “Ele proclamou um decreto e disse em Nínive…

Note que essa tradução leva em consideração a acentuação massorética (veja o acento disjuntivo sobre בְּנִֽינְוֵ֔ה).

④ A combinação da preposição מִן + frase טַּ֧עַם הַמֶּ֛לֶךְ וּגְדֹלָ֖יו expressa sentido ablativo, referindo-se, assim, ao autor (autores) do decreto: lit. “Do decreto do rei e de seus oficiais…”, ou seja, “Decreto emitido pelo rei e seus oficiais…”

⑤ A palavra לֵאמֹ֑ר (preposição לְ + Qal Inf. Const. אמֹר) introduz discurso direto e pode ser traduzido apelas pelos dois pontos a fim de evitar redundância.

⑥ A frase הָאָדָ֨ם וְהַבְּהֵמָ֜ה הַבָּקָ֣ר וְהַצֹּ֗אן é o sujeito (composto) dos verbos jussivos יִרְעוּ, יִטְעֲמוּ e יִשְׁתּוּ.

⑦ O verbo principal da oração אַֽל־יִטְעֲמוּ֙ מְא֔וּמָה é יִטְעֲמוּ (jussivo).

⑧ O advérbio de negação אַל qualifica a ação expressa pelo verbo principal יִטְעֲמוּ.

⑨ O verbo principal יִטְעֲמוּ tem como objeto direto o pronome indefinido מְאוּמָה: “Que eles não provem [comam] nada…” 

⑩ O verbo principal da oração אַ֨ל־יִרְע֔וּ é יִרְעוּ (jussivo).

⑪ O advérbio de negação אַל qualifica a ação expressa pelo verbo principal יִרְעוּ.

⑫ O verbo principal da oração וּמַ֖יִם אַל־יִשְׁתּֽוּ׃ é יִשְׁתּוּ (jussivo).

⑬ O advérbio de negação אַל qualifica a ação expressa pelo verbo principal יִשְׁתּוּ.

⑭ O verbo principal יִשְׁתּוּ tem como objeto direto o substantivo מַיִם.

A pontuação sôp pāsûq (׃) marca o fim do versículo.

Tradução Literal

O rei emitiu um decreto e o proclamou em Nínive:
— Por parte do rei e de seus oficiais: Que o homem, o animal, o boi e as ovelhas não provem nada, não levem ao pasto e não bebam água.

Tradução Melhorada

O rei, junto com seus oficiais, emitiu e proclamou o seguinte decreto:
— Nenhum homem, animal, boi ou ovelhas comam nada, nem sejam levados ao pasto e nem bebam água.

Slideshow

Baixe o arquivo do slideshow em formato pdf aqui.

*Esse material tem autor. Ao compartilhá-lo, não se esqueça de citar a fonte.