Rute 2:21 - Até o fim da colheita

וַתֹּ֖אמֶר ר֣וּת הַמּוֹאֲבִיָּ֑ה גַּ֣ם ׀ כִּי־אָמַ֣ר אֵלַ֗י עִם־הַנְּעָרִ֤ים אֲשֶׁר־לִי֙ תִּדְבָּקִ֔ין עַ֣ד אִם־כִּלּ֔וּ אֵ֥ת כָּל־הַקָּצִ֖יר אֲשֶׁר־לִֽי׃

wattōʾmer rûṯ hammôʾḇiâ gam ki-ʾāmar ʾelay ʿim-hannʿārim ʾšer-li tiḏbāqin ʿaḏ ʾim-killû ʾeṯ kol-haqqāṣir ʾšer-li:


Vocabulário do texto

Vocábulo Transliteração Classe Frequência no AT Significado
אָמַר ʾāmar verbo 5.316 × Qal: falar, dizer
מוֹאָבִי moʾāḇiy adjetivo 16 × moabita
נַעַר naʿar substantivo ♂ 240 × servo
דָּבַק dāḇaq verbo 55 × Qal: estar unido, apegar
כָּלָה kālāh substantivo ♂ 5.415 × tudo, todo
קָצִיר qāṣiyr substantivo ♂ 49 × colheita (tempo de)

Um pouco de gramática

① O verbo principal da oração וַתֹּ֖אמֶר ר֣וּת הַמּוֹאֲבִיָּ֑ה é וַתֹּאמֶר (wayyiqtol). 

Note que a Septuaginta e a versão siríaca acrescentam: "πρὸς τὴν πενθερὰν αὐτῆς” (pros tēn pentheran autēs, à sua sogra), que corresponderia à frase לַחֲמוֹתָהּ.

② O sujeito da oração וַתֹּ֖אמֶר ר֣וּת הַמּוֹאֲבִיָּ֑ה é o nome próprio רוּת.

③ O adjetivo definido הַמּוֹאֲבִיָּה é o aposto do sujeito רוּת: “E Rute, a moabita, disse…”

④ A combinação das preposições גַּם + כִּי introduz o discurso direto de Rute, que nesse ponto, cita, de forma indireta aquilo que Boaz falara anteriormente.

Note que a combinação גַּם כִּי é algo não usual dentro do texto massorético. Parece expressar ênfase sobre aquilo que Boaz havia dito. É nesse sentido que a Septuaginta traduz como καί γε (kai ge, e certamente…)

É interessante também observar que os massoretas colocam um paseq (׀) entre as duas preposições indicando que ambas devem ser consideradas separadamente. Nesse sentido, traduzimos como: “também que…”

⑤ O verbo principal da oração כִּי־אָמַ֣ר אֵלַ֗י é אָמַר (qatal).

⑥ O verbo principal אָמַר tem como objeto indireto a frase preposicional אֵלַי: “que também ele disse a mim…”

⑦ O verbo principal da oração עִם־הַנְּעָרִ֤ים אֲשֶׁר־לִי֙ תִּדְבָּקִ֔ין é תִּדְבָּקִין (yiqtol).

Note que o verbo no imperfeito tem uma nuance permissiva dentro desse contexto: “Fiquem (i.e., você poderá ficar) com os meus ceifeiros…” (NVI).

⑧ A combinação da preposição עִם + substantivo definido הַנְּעָרִים expressa ideia de companhia: “com os servos…”

⑨ A combinação do pronome relativo אֲשֶׁר, referente ao substantivo definido הַנְּעָרִים, com לִי expressa uma relação genitiva (de forma perifrástica): lit. “os servos que são para mim”, ou seja, “os meus servos…”

Note que esse recurso é usado no lugar de um simples נערי (cf. 2:8, נַעֲרֹתָי).

⑩ A combinação da preposição עַד+ אִם (pouco comum) introduz a oração temporal עַ֣ד אִם־כִּלּ֔וּ אֵ֥ת כָּל־הַקָּצִ֖יר אֲשֶׁר־לִֽי.

⑪ O verbo principal da oração temporal עַ֣ד אִם־כִּלּ֔וּ אֵ֥ת כָּל־הַקָּצִ֖יר אֲשֶׁר־לִֽי é כִּלּוּ (qatal).

⑫ O verbo principal כִּלּוּ tem como objeto direto a frase אֵ֥ת כָּל־הַקָּצִ֖יר: “até que acabe toda a colheita…”

⑬ A combinação do pronome relativo אֲשֶׁר, referente ao substantivo definido הַקָּצִיר, com לִי expressa uma relação genitiva (de forma perifrástica): lit. “toda a colheita que [é] para mim…”, ou seja, “toda a minha colheita”, ou, “toda a cega que eu tenho” (ARA) (ver item ⑨).

A pontuação sôp pāsûq (׃) marca o fim do versículo.

Tradução

E Rute, a moabita disse:
— Também ele disse a mim: “você poderá ficar com os meus servos até que você terminem toda a minha colheita”.

Slideshow

Baixe o arquivo do slideshow em formato pdf aqui.

*Esse material tem autor. Ao compartilhá-lo, não se esqueça de citar a fonte.