Jonas 1:5 - O sono de Jonas.

וַיִּֽירְא֣וּ הַמַּלָּחִ֗ים וַֽיִּזְעֲקוּ֮ אִ֣ישׁ אֶל־אֱלֹהָיו֒ וַיָּטִ֨לוּ אֶת־הַכֵּלִ֜ים אֲשֶׁ֤ר בָּֽאֳנִיָּה֙ אֶל־הַיָּ֔ם לְהָקֵ֖ל מֵֽעֲלֵיהֶ֑ם וְיוֹנָ֗ה יָרַד֙ אֶל־יַרְכְּתֵ֣י הַסְּפִינָ֔ה וַיִּשְׁכַּ֖ב וַיֵּרָדַֽם׃

wayyı̂rʾû hammallāḥı̂m wayyizʿăqû ʾı̂š ʾel-ʾĕlōhāyw wayyāṭilû ʾeṯ-hakkēlı̂m ʾšer boʾŏnı̂ā ʾel-hayyām lᵉhāqēl mēʿlêhem wᵉyônāh yāraḏ ʾel-yarkᵉṯê hassᵉp̱ı̂nāh wayyiškaḇ wayyērāḏam:


Vocabulário

Vocábulo Transliteração Classe Frequência no AT Significado
יָרֵא yārēʾ verbo 317 × Qal: temer
מַלָּח mallāḥ substantivo 4 × marinheiro, tripulante
זָעַק zāʿaq verbo 73 × Qal: clamar
אִישׁ ʾiyš substantivo 2.188 × homem, cada
אֱלֹהִים ʾĕlohiym substantivo 2.602 × deuses
טוּל ṭul verbo 14 × Hiphil: lançar
כְּלִי kᵉliy substantivo 325 × carga
אֳנִיָּה ʾŏniyyāh substantivo 2 × navio
יָם yām substantivo 396 × mar
קָלַל qālal verbo 82 × Hiphil: tornar leve
יְרֵכָה yᵉrēḵāh substantivo 28 × profundezas, partes mais baixas
סְפִינָה sᵉp̱iynāh substantivo Hapax legomenon navio
שָׁכַב šāḵaḇ verbo 213 × Qal: deitar-se
רָדַם rāḏam verbo 213 × *Niphal: adormecer profundamente

Um pouco de gramática

① O verbo principal da oração וַיִּֽירְא֣וּ הַמַּלָּחִ֗ים é וַיִּירְאוּ (wayyiqtol), que dá sequência à narrativa principal.

② O sujeito da oração וַיִּֽירְא֣וּ הַמַּלָּחִ֗ים é הַמַּלָּחִים.

③ O verbo principal da oração וַֽיִּזְעֲקוּ֮ אִ֣ישׁ אֶל־אֱלֹהָיו֒ é וַֽיִּזְעֲקוּ (wayyiqtol), que dá sequência à narrativa principal.

④ O sujeito da oração וַֽיִּזְעֲקוּ֮ אִ֣ישׁ אֶל־אֱלֹהָיו֒ é אִישׁ, que nesse contexto deve ser traduzido como “cada (homem)”.¹

⑤ A combinação da preposição אֶל + substantivo com desinência pronominal אֱלֹהָיו expressa ideia de direção:  “para seus deuses”.

⑥ O verbo principal da oração וַיָּטִ֨לוּ אֶת־הַכֵּלִ֜ים אֲשֶׁ֤ר בָּֽאֳנִיָּה֙ אֶל־הַיָּ֔ם é וַיָּטִלוּ (wayyiqtol), que dá sequência à narrativa principal.

⑦ O verbo principal וַיָּטִלוּ tem como objeto direto a frase אֶת־הַכֵּלִים. 

Note que a partícula אֶת é o marcador de objeto direto (sinal acusativo).

⑧ O pronome relativo אֲשֶׁר introduz oração relativa (אֲשֶׁ֤ר בָּֽאֳנִיָּה֙ אֶל־הַיָּ֔ם).

⑨ A combinação da preposição בְּ + substantivo אֳנִיָּה expressa ideia locativa: “no navio”.

⑩ A combinação da preposição אֶל + substantivo definido הַיָּם expressa ideia de direção: “para (em direção) o mar”.

⑪ A combinação da preposição לְ + verbo infinitivo construto הָקֵל expressa ideia de finalidade: “a fim de tornar leve…”

⑫ A combinação da preposição מִן + preposição עַל + desinência pronominal הֶם expressa ideia de origem: lit. de sobre eles”.

⑬ O verbo principal da oração וְיוֹנָ֗ה יָרַד֙ אֶל־יַרְכְּתֵ֣י הַסְּפִינָ֔ה é יָרַד.

Note que o verbo יָרַד é traduzido no tempo perfeito no português.²

⑭ A conjunção וְ, nesse contexto, expressa uma ideia adversativa: “mas Jonas…”

O sujeito da oração וְיוֹנָ֗ה יָרַד֙ אֶל־יַרְכְּתֵ֣י הַסְּפִינָ֔ é יוֹנָה. 

Note que dois fatores explicam a ênfase sobre o nome próprio יוֹנָה nessa seção (mudança de sujeito):

  • o acento disjuntivo rᵉḇîaʿ ( ֗ ) sobre וְיוֹנָ֗ה;
  • a posição do sujeito antes do verbo principal יָרַד.

O leitor é levado a olhar com cuidado à atitude de Jonas vis-à-vis o desespero dos marinheiros.

⑮ A combinação da preposição אֶל + corrente construto-absoluto יַרְכְּתֵי הַסְּפִינָ expressa ideia de direção: “para as partes mais profundas do navio”.

⑯ A combinação dos dois verbos wayyiqtol וַיִּשְׁכַּב וַיֵּרָדַם expressa a sequência das atitudes de Jonas dentro do barco: “ele deitou-se e adormeceu profundamente.”

Note que o verbo וַיֵּרָדַם (Niphal wayyiqtol), dentro do contexto, é um verbo estativo (estático).

A pontuação sôp pāsûq (׃) marca o fim do versículo.

Tradução

Os marinheiros temeram e cada um clamava ao seus deuses. Eles lançaram a carga que estava dentro do navio ao mar a fim de tornar o barco mais leve. Mas Jonas, que havia descido para o porão e se deitado, dormia profundamente.

Notas

¹ BDB, HALOT, s.v., “אִישׁ”.

² Ver R.B.Chisholm, A Workbook for Intermediate Hebrew: Grammar, Exegesis, and Commentary on Jonah and Ruth (Grand Rapids: Kreger, 2006), 36,268; W.D. Tucket Jr., Jonah: A Handbook on the Hebrew Text (Waco: Baylor University Press, 2006), 22 e U. Simon, Jonah, JPSBC (Philadelphia: Jewish Publication Society, 1999), 9.


Slideshow

Baixe o arquivo do slideshow em formato pdf aqui.

*Esse material tem autor. Ao compartilhá-lo, não se esqueça de citar a fonte.